NEWSLETTER

Cadastre seu e-mail e fique por dentro das novidades, lançamentos e promoções.

© Veduca   -   Todos os direitos reservados.
  • Veduca

Como a Transformação Digital influencia a sua carreira



Por Tiago Magnus, fundador da Transformação Digital


Abraçar a transformação digital não é apenas estar presente digitalmente. Vai muito, muito além de ter um site adaptado ao mobile e criar perfis corporativos nas redes sociais. É uma mudança completa, que afeta todos os setores da empresa, altera a forma de trabalho e exige profissionais dotados de novas habilidades.


O desafio está no fato de que, para realmente se destacar através da transformação digital, estar na média não é uma opção. É preciso lutar para ser o melhor e, para atingir um patamar tão alto, é imprescindível poder contar com pessoas que estão muito acima das suas zonas de conforto.


Como a transformação digital mudou o mercado de trabalho


A verdade é que a transformação digital é inevitável. Este gráfico mostra a evolução do uso de tecnologias entre os anos 2000 e 2016. Lá no início, por exemplo, apenas 1% da população dos Estados Unidos possuía banda larga em casa. O número passou para 73% nos últimos 15 anos. Em 2010, apenas 3% dos norte-americanos tinham um tablet. Em apenas seis anos, a porcentagem atingiu 51%.


Segundo reportagem publicada no New York Times, uma pesquisa realizada com mais de 15 mil adultos descobriu que 43% deles despendem algum tempo de suas agendas fazendo trabalho remoto. Além disso, de acordo com a Forbes, 35% dos trabalhadores estadunidenses são freelancers.


A transformação digital começa por aí, oferecendo a possibilidade de fugirmos do tradicional horário de 9h às 18h e de podermos trabalhar remotamente, a partir de qualquer dispositivo conectado à internet, de qualquer lugar do mundo, graças ao cloud computing e ao dinamismo dos novos processos.


Esta publicação afirma que são três as habilidades principais para conseguir acompanhar a mudança para o digital:


1. Aprendizado contínuo


A abordagem mais importante para empresas que desejam manter-se à frente do mercado na automatização de processos e mudanças na jornada de trabalho. A ideia é desaprender para reaprender.


“Com o avanço das tecnologias, é essencial que a força de trabalho aprenda, reaprenda e torne-se especialista no digital de maneira contínua. Manter-se confortável com as habilidades e os conhecimentos de 10 anos atrás não é mais aplicável.”


2. Design thinking


A união de tomadas críticas de decisão com design thinking é uma abordagem indispensável para a transformação digital no ambiente corporativo. É preciso decidir com agilidade, inteligência e criatividade.


“Para manter-se atualizadas com as tecnologias digitais, as organizações precisam continuar encontrando ordem no caos. Isso significa que o processo de inovação precisa ser rápido e eficiente.”


3. Cibersegurança


Com incessantes desenvolvimentos e compartilhamentos de dados e insights, empresas devem ter como prioridade a segurança dessas informações - especialmente devido ao armazenamento em nuvem.


“Dados vitais são mantidos, acessados e trocados através dessas plataformas, diariamente. Isso aumenta significativamente o risco de vazamento de informações e ameaças de dados.”


Se pensarmos que a digitalização de processos gerou novos termos, como internet das coisas, big data, inteligência artificial e machine learning, é natural concluirmos que existem novas necessidades (a ameaças) profissionais.


Mais cedo ou mais tarde, as empresas percebem a real importância de transformar a cultura corporativa para adotar novas práticas e, consequentemente, conseguir acompanhar a velocidade da mudança. Pouco a pouco percebemos vagas disponíveis para cientistas de dados, auditores de projetos, engenheiros digitais, UX designers, desenvolvedores full-stack e especialistas em segurança online.


A seguir, veremos em mais detalhe como é possível pensar estrategicamente para garantir que a empresa como um todo vença os desafios causados pela rápida transformação digital e, consequentemente, encontre as habilidades necessárias para conseguir acompanhar essas mudanças.


Novos desafios e habilidades da transformação digital Se tem uma coisa que você já sabe é que o boom digital alterou jornadas de compras, deu mais poder ao consumidor e exigiu mudanças drásticas na maneira como falamos com nosso público-alvo.


É preciso entender que, independentemente do ramo de atuação ou do porte da empresa, toda e qualquer estratégia deve ter o cliente no centro, prezar por um processo de tomada de decisão que seja ágil e garantir processos inteligentes.


Segundo a McKinsey, a lista de talentos de uma organização que quer investir e vencer na transformação digital deve conter:


- designers e engenheiros experientes;

- mestres em scrum e coaches em agilidade;

- líderes de produtos;

- arquitetos full-stack;

- engenheiros de software com visão de futuro;

- engenheiros DevOps.


Mas, como fazer para encontrar talentos como esses e ter a certeza de que se está no caminho certo? O mesmo artigo fornece algumas dicas importantes para repensar a contratação para o desenvolvimento tecnológico:


Crie e entregue valor

Ao atrair profissionais de peso, não é apenas o salário que importa. É preciso que valores e missão da empresa sejam convincentes, que funcionem como motivadores para o time. As organizações devem garantir a entrega de suas promessas. “Estratégias eficientes incluem a criação de mini startups, cada qual com sua visão, estrutura, planos de carreira e até mesmo culturas.”


Faça contratações específicas

Garantir a contratação de pessoas de referência em certas áreas é uma forma inteligente de atrair outros talentos, profissionais que se identificam com essas ‘âncoras’. “As empresas deveriam avaliar suas redes de especialistas, investir tempo extra e envolver líderes na busca por essas pessoas.”


Reinvente o recrutamento


Um dos grandes desafios da seleção de novos talentos é que as pessoas que você procura nem sempre estão em busca de emprego ou não adotam medidas tradicionais para encontrar uma vaga. Portanto, é preciso reinventar as formas de engajamento com estes profissionais.


“Para, de fato, engajar candidatos nesses novos ambientes, as organizações geralmente precisam reciclar ou adquirir novos recursos de recrutamento para falar com candidatos sobre tópicos relevantes - e frequentemente muito técnicos - em seu setor, estimulá-los sobre as oportunidades e avaliar se o candidato é realmente o melhor para o posto.”


Crie plataformas de trabalho


A ideia aqui é trazer os talentos para dentro de casa. Ou, pelo menos, ter uma plataforma própria para reunir essas pessoas e facilitar processos seletivos. Algumas empresas têm criado competições “que permitem que usuários e possíveis candidatos revelem suas habilidades técnicas através de plataformas digitais como TopCoder, Kagle, Codility e HireIQ.”


Com base em tudo o que foi dito, como você imagina que a transformação digital pode influenciar na sua carreira?


Entre setembro e outubro de 2017, o Portal TD entrevistou 740 profissionais de micro, pequenas, médias e grandes empresas de todas as regiões do país. O intuito? Descobrir o futuro do mercado de trabalho na visão dos brasileiros.


O resultado, em verdades numéricas, está aqui.


Sobre o autor


Tiago Magnus atuou nos últimos 10 anos em projetos digitais, trabalhando com marcas como Lenovo, Carmen Steffens, Mormaii, VTEX, Carrefour, Centauro, entre outras, e como sócio de uma das principais agências digitais do Brasil. Hoje, é diretor de Transformação Digital na ADVB e fundador do TransformacaoDigital.com













Sobre este guest post


Este post é assinado por um autor convidado a contribuir com informações e análises sobre sua área de especialidade. Os guest posts, como são chamados os textos de autoria de um blog publicados em outro, são uma forma de parceria, que tem o objetivo de apresentar aos visitantes do blog que publica o texto novas fontes de informação de qualidade. Esse intercâmbio também contribui para diversificar os temas, produtos e serviços à disposição do público.


Saiba mais sobre os guest posts do Blog do Veduca.


Conheça também o perfil do Transformação Digital, um dos parceiros de conteúdo do Blog do Veduca.


Quer saber mais sobre como a Transformação Digital influencia sua carreira?


Conheça o curso online de Gestão da Inovação, disponível no Veduca


O vídeo abaixo, da Exame PME, oferece exemplos do que é Transformação Digital.


https://www.youtube.com/watch?time_continue=65&v=B7N5vcksW8s


Crédito das fotos:


Foto da chamada: rawpixel no Unsplash.